Vereador Folha solicita criação da Central de Intérpretes de Libras e Guias-Intérpretes para Surdocegos em Palmas

por DICOM publicado 05/09/2023 17h25, última modificação 05/09/2023 17h25
Colaboradores: Texto: Edilene Chaves, Foto: Chico Sisto

 

Visando proporcionar melhores condições de atendimento às pessoas com deficiência auditiva e surdocegas em prédios e repartições públicas do Município, o vereador Folha (PSDB), presidente da Câmara Municipal de Palmas (CMP), solicitou via requerimento que seja criada a Central de Intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (Libras) e Guias-Intérpretes para Surdocegos na capital.

De acordo com o vereador, o pedido leva em consideração o expressivo número de pessoas surdas e surdocegas que vivem em Palmas. “O objetivo da Central de Intérpretes e Guias-Intérpretes é fornecer informações exatas acerca dos serviços públicos que são prestados na Capital, e isso se dará pelos diversos meios de comunicação, inclusive pelo atendimento presencial. Todos são iguais perante a lei. É nosso dever legislar para que toda a sociedade tenha acesso aos serviços públicos”, enfatizou Folha.

No pré-projeto que foi apresentado juntamente com o requerimento, está previsto que durante o atendimento presencial será disponibilizado intérpretes de Libras e guias-intérpretes para surdocegos, nos prédios e repartições públicas, com o objetivo de auxiliar a comunicação e fornecer uma prestação de serviço público mais adequada.

Está previsto ainda que para a criação da Central, poderão ser firmados convênios e parcerias, quando necessário, com órgãos públicos e entidades de direito público e privado.

O requerimento foi aprovado na última quinta-feira (31) e encaminhado ao Poder Executivo para as devidas providências.